"Esperar dói, esquecer dói. Mas não saber se deve esperar ou esquecer é a pior das dores."

Ja sou chata por natureza, mas quando cismo de ser chata por implicancia, fodeu

Eu tenho um lado carinhoso, um lado estressado, um lado engraçado, um lado irônico, um lado amável. E cada um tem meu lado que merece.

Eu só quero que você me entenda. Ou pelo menos finja que irá me entender. Sei que sou uma pessoa completamente complicada, difícil de lidar, conviver. Mas por favor, não vá embora não, fique aqui comigo, sua presença me faz feliz. Sinto-me uma pessoa melhor quando estou com você.
× Raphael Henrique, Desalentou. (via desalentou)
É a pior morte, a do amor. Porque a morte de uma pessoa é o fim estabilizado, é o retorno para o nada, uma definição que ninguém questiona. A morte de um amor, ao contrário, é viva. O rompimento mantém todos respirando: eu, você, a dor, a saudade, a mágoa, o desprezo - tudo segue. E ao mesmo tempo não existe mais o que existia antes. É uma morte experimental: um ensaio para você saber o que significa a morte ainda estando vivo, já que quando morrermos de fato, não saberemos.
× Martha Medeiros.    (via appeaser)
Se toda aquela tempestade não passar, transforme a chuva em sua amiga e brinque com os raios e trovões que tanto te assustam.
× Romeuemcrise.   (via brudega)
Eu sei viver sem você. Sei andar, comer, falar, ver um filme. Sei sorrir e nem é de mentira. Solto gargalhadas e conto piadas e sou rodeado pelos meus amigos o tempo todo. Leio livro, malho, faço amizades. Sou por inteiro sem você. Não existe nenhuma parte faltando, mas eu faço ela faltar. É que eu não preciso de você pra nada, mas quero você pra tudo. Eis o grande problema.
× Iolanda Valentim.     (via velejo)
Eu vou ignorar você em alguns momentos e logo depois vou te procurar como se a distância me arrancasse os pulmões. Vou fingir que minha loucura não é o que nos afasta e que você não gosta disso. Eu vou cansar, xingar você, mas depois vou querer um pouco do teu colo. Meus ciúmes irão te chatear ou aumentar o teu ego, você só precisa aprender a não instigá-los e então seremos felizes. Não sempre, claro, mas até o próximo surto, me curta. Aproveita meus momentos de puro dengo e me escuta dizer baixinho, sussurrando que é de você que eu gosto. Mas depois me deixa te bater, porque eu vou fingir que me zango para te ver preocupado em me acalmar. Pede desculpa, vai, espera que vou me desculpar. Se eu der beijinho, sara? Me ensina um jeito bom de amar.
× Casebre.  (via velejo)
Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar as que posso, e sabedoria para reconhecer a diferença entre elas.
× A Culpa é das Estrelas. (via velejo)
Mas eu te amei muito. Do meu jeito.
× American Horror Story.   (via sucedas)